Tag Archives: premier league

O programa de inovações do Arsenal

por Victor Henrique Ferreira

Na semana passada teve início a Arsenal Innovation Lab, um programa de dez semanas trabalhando com seis startups para melhorar a experiência dos gunners.

O clube lançou o programa em Setembro de 2017 com o especialista em inovação L Marks. Foram mais de 250 aplicativos, mas somente 22 foram convidados para o evento que aconteceu em Novembro, ao estilo “Shark Tank” ou “Dragon’s Den”.

Lá foram vistos diversas idéias criativas e inovadoras. Para a próxima etapa foram selecionadas 6 startups. Estas 6 startups serão orientadas pelos líderes empresariais do clube e terão a oportunidade de testar e demonstrar produtos ou serviços. No final do programa, o clube avaliará se deve fazer mais investimentos para finalizar e seguir com os projetos.

Vinai Venkatesham, diretor comercial do Arsenal, disse: “Estamos realmente ansiosos para trabalhar com essas seis startups nas próximas dez semanas e no futuro. A inovação sempre esteve no centro do clube desde a sua fundação, em 1886. Nosso objetivo é criar as melhores experiências para os nossos torcedores em todo o mundo, desde experiências de varejo até conteúdo digital. Estamos ansiosos para dar o próximo passo no Arsenal Innovation Lab e desenvolver essas idéias pioneiras para levar o clube à frente”.

O presidente da L Marks, Stuart Marks, disse: “Selecionamos seis empresas fantásticas que desenvolveram produtos verdadeiramente inovadores, desde inteligência artificial até pagamentos inteligentes e realidade aumentada. Estou muito animado para ver o que cada equipe conseguirá trabalhar em estreita colaboração com o Arsenal nas próximas dez semanas e o que esses projetos significarão para o futuro do setor esportivo”.

Confira as seis startups que foram selecionadas:

BotNation é uma startup francesa, que cria chatboxes de Inteligência Artificial em aplicativos de mensagens, aplicativos de voz e sites. No programa, eles ajudarão o Arsenal a fornecer apoiadores com compras na loja eletrônica arsenaldirect. Eles já são utilizados por 700 empresas em 53 países.

WoraPay é uma empresa de tecnologia de pagamento e pedidos móveis. No programa, eles se concentrarão em ajudar o Arsenal a melhorar a experiência de compras, permitindo que eles façam pedidos, pagamentos e a entrega de alimentos e bebidas. Com sede em Londres, a tecnologia da WoraPay já está sendo distribuída aos varejistas do Reino Unido pelo Lloyds Banking Group e Mastercard.

Peak é uma empresa de análise de dados com base em Manchester que se concentrará em ajudar o Arsenal a crescer usando dados e inteligência artificial. Fundada em 2014, cresceu rapidamente e, em 2015, conquistou a competição Tech North’s Northern Stars, como uma “startup top tech no Reino Unido”.

Aireal permite que o conteúdo digital seja projetada usando Realidade Aumentada Geoespacial, visível através de dispositivos móveis. A empresa com base em Dallas ajudará o Arsenal a se envolver com seus torcedores em todo o mundo, fornecendo-lhes a capacidade de colocar objetos digitais 3D estáticos e em movimento, como jogadores ou troféus, em qualquer lugar do mundo, para que os fãs interajam. Isso criará maneiras infinitas para os adeptos do clube experimentar o mundo do Arsenal como nunca antes.

KonnecTo é uma plataforma de análise e coleta de dados baseada em Inteligência Artificial, com base em Tel Aviv. Ajudará o Arsenal a analisar as interações pessoais de seus torcedores com eles e a traduzir essas informações em idéias tangíveis. Eles trabalharão em estreita colaboração com a equipe de Parcerias para fornecer uma compreensão mais profunda da base de apoio do Arsenal e ajudar a identificar potenciais parcerias.

I Like That é uma startup londrina, que oferece uma experiência de varejo completa e on-demand, onde os usuários podem comprar diretamente de sites internacionais, incluindo Arsenal.com, sem ter que navegar na loja de comércio eletrônico do clube, ArsenalDirect.com. Ele também fornece um fluxo de receita para o site do editor.

 Quer saber mais sobre outros clubes ingleses que estão inovando? Falei nas últimas semanas sobre o Aston Villa e o seu cartão season card/cubs member com disponibilidade pra compras e toda a estratégia do clube com a ação, do Bristol City e os seus gifs, e o Manchester City com o seu fan experience.

Leave a Comment

Filed under Reflexões

Aston Villa disponibiliza compras em seu cartão de ingressos

por Victor Henrique Ferreira

O Aston Villa FC deu mais um passo importante em seu plano de fidelidade. Integrou em seu cartão de sócios e de temporada a tecnologia de pagamento pré-pago e também os sem contato (que utiliza RFID ou NFC) com valor até £30. O cartão também contará com sistema de recompensa de pontos ‘Pride Rewards’, que recompensa com um ponto a cada libra gasta.

Os fãs poderão usar o cartão para entrar no estádio e em todos os terminais de pagamento do estádio Villa Park, nas bilheterias e a loja oficial do Aston Villa. Além disso, o cartão permitirá que os fãs façam compras, tanto na loja online quanto na rua principal do estádio, com uma série de lojas afiliadas. As recompensas até agora incluem vestuário, estadias em hotéis, produtos licenciados e experiências, como tirar selfies com os jogadores.

Um dos objetivos do clube com o cartão é acelerar o tempo nas filas das lojas do estádio, principalmente durante o intervalo dos jogos, melhorando a experiência do torcedor dentro do estádio e ao mesmo tempo a receita do clube, já que muitos deixam de gastar nas lojas pois acabam perdendo preciosos minutos dos jogos.

Villa Park

Assim que as parcerias forem estabelecidas, com o programa de recompensa, trará um ganho real para os torcedores que utilizam o cartão, assim como as empresas parceiras do programa e o clube que conhecerá os hábitos de seus torcedores. Por exemplo, saber o que os torcedores comem e bebem, quando, quanto e onde fazem essas refeições. Esses dados irão ajudar o clube na estruturação do estádio e seus parceiros, assim como ajudar em todas decisões de mercado do Aston Villa.

Matt Swindells, chefe de dados e insight do Aston Villa disse “Se sabemos que os fãs adquirem uma certa marca de cerveja fora do Villa Park, por que não garantir que eles possam beber o mesmo dentro do estádio? Ser capaz de servir as recompensas relevantes aos fãs é importante e mostra que nos preocupamos tanto com os fãs como com o clube “.

A tecnologia é de responsabilidade da FortressGB e a emissão do cartão pela Wirecard Solutions Ltd.

O líder Manchester City também tem feito esforços para entender os seus torcedores, com o Citizens (leia mais aqui).

Leave a Comment

Filed under Reflexões

Pode chorar

por Diogo de Barros Souza

As lágrimas do técnico italiano e comandante do Leicester City, Claudio Ranieri, atual líder da Premier League (campeonato inglês), na vitória do Leicester fora de casa por 2 x 0 sobre o Sunderland no último domingo, explicam bem o que a equipe tem aprontado nesta temporada. A sensação da Inglaterra está muito próxima do título, precisando somar mais 9 pontos dos 15 que ainda estão em disputa para não depender de nenhum outro resultado e faturar o campeonato.

CORRECTS THE DATE. Leicester City's manager Claudio Ranieri prior to the English Premier League soccer match between Sunderland and Leicester City at the Stadium of Light, Sunderland, England, Sunday, April 10, 2016. (AP Photo/Scott Heppell)

A sinceridade no choro de Ranieri é uma pequena amostra do orgulho em ver seu trabalho ser concretizado, mesmo sem nenhuma pretensão no início da temporada, quando o que mais importava era não ser rebaixado. A campanha do Leicester é um tremendo roteiro de filme, que começa com tudo dando errado (a equipe frequentou a zona de rebaixamento no início da temporada) e depois o talento e o trabalho começam a aparecer, onde o futebol dos times mais ricos sempre predominou.

Ranieri pode chorar porque está mostrando humildade ao retroceder e refletir que precisava se reinventar, ao aceitar a proposta para assumir os Foxes, teve que abrir da carreira vitoriosa em grandes times europeus, e não imaginava que tudo isso poderia acontecer um dia, mas topou e chorou ao presenciar a façanha da sua equipe, com jovens talentos sendo revelados, inclusive para o English Team, e um futebol moderno jogando pra frente e de igual para igual contra os grandes.

A Champions League já é realidade para o Leicester City, agora falta o título inglês para o sonho ficar completo. Eu acredito!

Leave a Comment

Filed under Reflexões

Sonhando

por Diogo de Barros Souza

O Leicester City continua sonhando com o título da atual temporada da Premier League (campeonato inglês), saindo do status de sensação para candidato a faturar o caneco. O futebol tem surpresas assim em sua história, quando um clube com baixo orçamento e quase rebaixado na temporada passada, consegue causar espanto nos elencos milionários e ser o protagonista, apresentando um bom futebol e conquistando a liderança da competição.

leicester-sonhando

Os Foxes, como a equipe é conhecida, quebram tabus a cada jogo e surpreendem na forma de jogar ao enfrentar as equipes grandes, como Manchester City e Liverpool. A surpresa vai além da tabela de classificação, com jogadores sendo alvo de contratações das equipes grandes de toda Europa e também nos cofres do clube. Em seu último balanço divulgado nesta semana, o clube apontou o crescimento absurdo da sua receita de 31,2 milhões de libras (R$ 170,8 milhões) na temporada 2013/2014 para 104 milhões de libras (R$ 569,3 milhões) em 2014/2015, o que significa o melhor resultado da história da equipe.

O Leicester, que há três anos estava na segunda divisão do futebol inglês, atualmente é mais rico que qualquer time brasileiro, faturando muito mais que os dois times de maior receita do Brasil em 2015: Palmeiras e Flamengo, com faturamento entre R$ 350 milhões e R$ 400 milhões. Caso vença o título inglês ou consiga uma vaga na próxima Champions League, esses números poderão ser ainda maiores.

Pode até ser que o título escape por um motivo ou outro, mas os Foxes já marcaram um pontinho azul na história da Premier League com essa campanha histórica, atualmente é o líder da competição, 3 pontos a frente do segundo lugar Tottenham Hotspur. O sucesso da equipe representa o profissionalismo na gestão técnica e administrativa do clube. Azarão, surpresa ou cavalo paraguaio, nenhuma dessas gírias futebolísticas traduz a temporada do Leicester, porque a solidez dentro e fora de campo não deixaram o planejamento ser qualquer esboço de papel.

Leave a Comment

Filed under Sem categoria