Tag Archives: gestão

Gestão e liderança

por Diogo de Barros Souza

O início espetacular do técnico Tite na Seleção Brasileira de Futebol, não é apenas uma questão de sorte, números ou coisa dos deuses do futebol, e sim o resultado do trabalho de gestão e liderança realizado pelo treinador e sua equipe. Vimos algo parecido na seleção de vôlei, com o técnico Bernardinho, quando o Brasil revolucionou em quadra e fora também, através de estatísticas e dados essenciais para a construção da equipe e conhecimento dos pontos fortes e fracos dos adversários.

A era Tite está mostrando um novo tipo de jogo para o futebol da Seleção Brasileira, mesmo com poucos dias para treinamento os resultados estão aparecendo, afinal são 5 jogos e 5 vitórias nas Eliminatórias da Copa do Mundo Rússia 2018. A questão coletiva e o fato de convocar alguns jogadores com quem já trabalhou e são de sua confiança, mesmo que não estejam atuando em grandes campeonatos, favorecem o fortalecimento do grupo e sua proposta de jogo.

tite-selecao-brasileira

Os conceitos de gestão e liderança são um tanto quanto parecidos, ou seja, administrar pessoas e problemas, e cabe ao gestor ter a capacidade e o conhecimento para aplicar suas ideias e fazer com que seus liderados acreditem na sua proposta. O tempo de preparo até chegar a Seleção Brasileira fez bem para o Tite, ele conseguiu desenvolver novas habilidades e o hábito de pensar diferente. É a tal da reciclagem, importante para os profissionais de qualquer profissão. Ser capaz de colocar em prática o que você pensa através das pessoas, é a maior virtude de um líder.

Se para ser líder é necessário ter a capacidade de atrair seguidores, Tite está fazendo muito bem o seu papel. A Copa do Mundo Rússia 2018 está logo ali.

Leave a Comment

Filed under Reflexões

Sonhando

por Diogo de Barros Souza

O Leicester City continua sonhando com o título da atual temporada da Premier League (campeonato inglês), saindo do status de sensação para candidato a faturar o caneco. O futebol tem surpresas assim em sua história, quando um clube com baixo orçamento e quase rebaixado na temporada passada, consegue causar espanto nos elencos milionários e ser o protagonista, apresentando um bom futebol e conquistando a liderança da competição.

leicester-sonhando

Os Foxes, como a equipe é conhecida, quebram tabus a cada jogo e surpreendem na forma de jogar ao enfrentar as equipes grandes, como Manchester City e Liverpool. A surpresa vai além da tabela de classificação, com jogadores sendo alvo de contratações das equipes grandes de toda Europa e também nos cofres do clube. Em seu último balanço divulgado nesta semana, o clube apontou o crescimento absurdo da sua receita de 31,2 milhões de libras (R$ 170,8 milhões) na temporada 2013/2014 para 104 milhões de libras (R$ 569,3 milhões) em 2014/2015, o que significa o melhor resultado da história da equipe.

O Leicester, que há três anos estava na segunda divisão do futebol inglês, atualmente é mais rico que qualquer time brasileiro, faturando muito mais que os dois times de maior receita do Brasil em 2015: Palmeiras e Flamengo, com faturamento entre R$ 350 milhões e R$ 400 milhões. Caso vença o título inglês ou consiga uma vaga na próxima Champions League, esses números poderão ser ainda maiores.

Pode até ser que o título escape por um motivo ou outro, mas os Foxes já marcaram um pontinho azul na história da Premier League com essa campanha histórica, atualmente é o líder da competição, 3 pontos a frente do segundo lugar Tottenham Hotspur. O sucesso da equipe representa o profissionalismo na gestão técnica e administrativa do clube. Azarão, surpresa ou cavalo paraguaio, nenhuma dessas gírias futebolísticas traduz a temporada do Leicester, porque a solidez dentro e fora de campo não deixaram o planejamento ser qualquer esboço de papel.

Leave a Comment

Filed under Sem categoria